The Beginning

    Compartilhe
    avatar
    John

    Mensagens : 29
    Data de inscrição : 28/12/2014
    Idade : 22

    Re: The Beginning

    Mensagem por John em Qua Jan 14, 2015 12:59 am



    — Yumi. Yumi Ryoku – se apresenta, se inclinando de leve. – Você tava com a gente no museu, né? Como tá se adaptando? – ela chega mais perto da garota para cochichar. – Conseguiu tomar banho sem ter medo de ser atacada por algum animal selvagem? Eu juro que fiquei com muito medo de que saísse lama dos encanamentos... Ou cobras.

    avatar
    Bivi

    Mensagens : 236
    Data de inscrição : 28/12/2014

    Re: The Beginning

    Mensagem por Bivi em Qua Jan 14, 2015 1:05 am

    — Parece que o Acampamento é um lugar legal. Quero explorar mais quando puder.. por enquanto, só fui até os estábulos. — Elisa riu baixo com a pergunta de Yumi, sem entender direito o medo da japonesa. — Hã, sim. São chuveiros comuns, afinal de contas... eu só queria me livrar daquela meleca que os gêmeos jogaram em nós. — Disse, dando de ombros.
    avatar
    John

    Mensagens : 29
    Data de inscrição : 28/12/2014
    Idade : 22

    Re: The Beginning

    Mensagem por John em Qua Jan 14, 2015 1:09 am

    — À princípio eu fiquei muito chateada por não ter banheira aqui... – diz, com um semblante de indignação. – Mas aí eu pensei o quão anti-higiênico seria uma banheira coletiva. Aí desisti, né. – ela então muda sua expressão para algo mais amigável. – Você é daqui Manhattan mesmo?
    avatar
    Cah

    Mensagens : 160
    Data de inscrição : 28/12/2014

    Re: The Beginning

    Mensagem por Cah em Qua Jan 14, 2015 1:11 am

    Ryan, que estava logo a frente de Allen, escutou as vozes das meninas conversando lá atrás e, ao se virar curioso percebe o jovem completamente encharcado.

    — Pfft. — O garoto tenta abafar o riso. — O que aconteceu com você?
    avatar
    Nate

    Mensagens : 98
    Data de inscrição : 30/12/2014

    Re: The Beginning

    Mensagem por Nate em Qua Jan 14, 2015 1:20 am

    Allen estava olhando para o céu com uma certa admiração, não sabia o porquê, mas as nuvens e o céu azul sempre atraíam a atenção do garoto. A observação continuou até alguém a sua frente se pronunciar, o albino voltou a atenção para frente, mas a única coisa que avistou foi um cabelo bagunçado com um tom prateado. Deu uma rápida olhada para baixo e viu que era um pequeno garoto. Não comentou nada, pensando que dessa forma o menino o deixaria em paz.
    avatar
    Bivi

    Mensagens : 236
    Data de inscrição : 28/12/2014

    Re: The Beginning

    Mensagem por Bivi em Qua Jan 14, 2015 1:22 am

    — É, uma banheira seria bom. — Elisa não deixou de concordar com a ideia, mesmo sabendo que algo do tipo era muito improvável de se conseguir em um acampamento. — Moro no Brooklyn há menos de um ano. Eu vivia em Miami antes de me mudar para cá. E você? Sempre morou aqui? — Quis saber ela, notando que Yumi possuía traços orientais.
    avatar
    Cah

    Mensagens : 160
    Data de inscrição : 28/12/2014

    Re: The Beginning

    Mensagem por Cah em Qua Jan 14, 2015 1:24 am

    — Ei! — Chamou o garoto — Estou falando com você!

    Se tinha uma coisa que Ryan odiava era ser ignorado. E os olhos daquele jovem pareciam frios e distantes, como se simplesmente não o enxergasse. Mas como se ele estava bem na frente dele?!
    avatar
    Hack
    Admin

    Mensagens : 322
    Data de inscrição : 28/12/2014

    Re: The Beginning

    Mensagem por Hack em Qua Jan 14, 2015 1:30 am

    Uma trombeta soou. Gary&Larry foram correndo até o final da fila, onde estavam o grupo de novatos, cortando o papo avulso.

    — Okay, novatos!

    — Prestem atenção!

    Ambos os gêmeos estavam ofegantes. Devia ser mesmo difícil organizar o chalé 11 inteiro...

    — Vamos para o pavilhão, onde vamos jantar...

    — ... lá, terá uma mesa para cada chalé. Todos nós vamos sentar na mesa do chalé 11...

    — ... vocês NÃO podem sentar nas mesas dos outros chalés, estão ouvindo?

    — Vocês todos vão sentar-se à mesa do chalé 11...

    — ... então, vamos fazer um brinde.

    — Aí, vamos nos servir...

    MAS ATENÇÃO!! — gritaram os dois, juntos.

    — Antes de comerem, vamos fazer outra fila...

    — .. e então, vamos queimar a melhor parte do nosso jantar para nosso pai olimpiano...

    — ... numa oferenda. E então, voltamos para mesa para a melhor parte...

    Os dois garotos se entreolharam, dando um sorrisinho malicioso.

    PARA COMER!!

    Eles riram.

    — Aí, Sr. D vai dar alguns anunciamentos e blablabla...

    — ... depois, fazemos uma fila e voltamos para o chalé.

    — Entendido? — perguntaram, juntos.

    Dennis assentiu a cabeça. Sua barriga roncou.
    Vendo que estavam entendidos, Gary&Larry voltaram para o começo da fila.

    A fila andou. Gary&Larry lideravam o chalé 11, que ia de encontro com as filas dos outros chalés, que estavam no pátio. Dennis avistou Ceci liderando o chalé 4 e acenou para ela, que retribuiu com um sorriso. Viu também o garoto - ops, a garota - de antes, a baixinha loirinha, na fila do chalé 7. Larissa liderava o chalé número 12. Juntos, todos os chalés marcharam colina acima até o pavilhão do refeitório. Sátiros - como Liam - vieram da campina e juntaram-se aos meio-sangues. Náiades emergiram do lago de canoagem. Ninfas literalmente brotaram de árvores.

    No pavilhão, tochas ardiam em volta das colunas de mármore. Um fogo central queimava em um braseiro de bronze do tamanho de uma banheira. Cada chalé tinha sua própria mesa, coberta com toalhas brancas com detalhes em roxo.

    Cada chalé seguiu para sua devida mesa. Os campistas do chalé 11 correram para conseguir um lugar à mesa, que não parecia ter espaço para todos. Ainda bem, Dennis conseguiu pegar um espacinho na ponta da mesa, quase caindo para fora dali.

    Ceci estava sentada à mesa com seus meio-irmãos, todos de cabelos castanhos. Larissa estava sentada à mesa do chalé 12, juntamente com Liam, o Sr. D e dois garotos gorduchos e loirinhos de cabelos cacheados. Parecia uma mesa vazia, mas então, Dennis avistou uma mesa com ainda menos gente nela: ali, havia apenas duas pessoas, sendo um, um cara loiro e grandalhão, cheio de tatuagens.

    — Hã... Gary&Larry, que mesa é aquela lá? — gritou para os gêmeos, apontando para a tal mesa.

    Gary&Larry viraram-se na direção apontada pelo ruivo.

    — Ah! Aquela é a mesa do chalé 9...

    — Hefesto. Não há muitos filhos de Hefesto no acampamento...

    — ...o que é uma pena. São bons em forjar armas.

    Os gêmeos deram de ombros. Dennis continuou a fitar a mesa. Parecia um tanto... solitária.
    O loiro repentinamente virou a cabeça na direção da mesa 11. Seus olhos encontraram os olhos de Dennis, que tremeu. Ele corou e desviou o olhar.
    Nossa, mas que cara estranho...

    Larissa levantou-se de sua mesa segurando um copo. Ela o ergueu, fazendo um brinde:

    — Aos deuses!!

    Todos ergueram seus copos e gritaram:

    — Aos deuses!!

    Ninfas do bosque avançaram com bandejas de comida: uvas, maçãs, morangos, queijo, pão fresco e churrasco.
    Dennis fitava seu copo vazio.

    — Hã... como é que eu consigo refri?

    Gary&Larry riram como se Dennis tivesse acabado de fazer uma piada idiota.

    — Fale com ele, oras!

    — Peça qualquer coisa que quiser...

    — ... Não alcoolica, é claro.

    Dennis olhou para o fundo de seu copo. Então, pediu:

    — Coca-Cola!

    Seu copo magicamente se encheu de refrigerante. Dennis riu, bobo, e tomou um gole da bebida.

    Travessas com comida começaram a passar de campista para campista na mesa do chalé 11. Dennis serviu-se de churrasco, morangos e pão, mas logo quando estava prestes a devorar um pãozinho, Gary&Larry se levantaram da mesa. Os outros líderes dos chalés também se levantaram - Larissa, Ceci, o cara grandalhão e loiro - e, em seguida, todos os campistas estavam de pé. Dennis levantou-se, seguindo o chalé de Hermes até o braseiro central, onde todos estavam pegando algo do prato e jogando no fogo: o morango mais maduro, a fatia mais suculenta de carne, o pãozinho mais quente e amanteigado.

    Era a vez de Gary&Larry. Os dois inclinaram a cabeça e lançaram cada um uma coxinha de frango no fogo, dizendo em seguida o nome do seu pai olimpiano, em uníssono:

    — Hermes.

    E se afastaram. Dennis observou os campistas do chalé 11 fazerem suas oferendas, até chegar sua vez.

    O ruivo fitou seu prato. Selecionou o melhor dali: um pãozinho bem fofo e cheio de manteiga e lançou ao fogo. Ele fitou as chamas, parecendo perdido em seus pensamentos.
    Então, fez uma prece silenciosa:

    Ao meu pai olimpiano, seja ele quem for.

    E se retirou, voltando para sua mesa e esperando o resto dos campistas para começar a comer.

    avatar
    Cah

    Mensagens : 160
    Data de inscrição : 28/12/2014

    Re: The Beginning

    Mensagem por Cah em Qua Jan 14, 2015 1:43 am

    O menino não conseguia acreditar na quantidade de comida que estava à sua frente. Cada prato parecia mais apetitoso que o do lado e o do lado deste, como se ainda fosse possível, parecia muito muito melhor. Ryan olhava para tudo, indeciso sobre o que atacar primeiro. Foi quando se viu obrigado a entrar na fila de oferendas. Seu queixo caiu quando viu os outros campistas jogando as refeições ao fogo. Olhou para os lados, querendo esconder uma fatia deliciosa de carne para si, mas sempre parecia ter alguém o vigiando. Dando um longo suspiro, empurrou a comida do prato.

    — Ãhn... Divirta-se? — Foi o que disse, enquanto via a comida queimar.

    Rapidinho deslizou para seu assento na mesa 11. Já era hora da parte boa. Com um sorriso, fez o que viu os outros fazendo: levantou o copo e pediu que se enchesse com sua bebida favorita, no caso, milkshake de chocolate.

    〰 * 〰

    À algumas mesas dali, seguindo a filha de seu chalé, Rose também ofereceu uma refeição para seu pai: um cacho de uvas maduras bem carregado. Enquanto a refeição queimava um aroma composto apenas por coisas boas subiu ao céu. A garota juntou as duas mãos e fez uma prece breve e silenciosa para seu pai e depois retornou à mesa, para perto de seus meio-irmãos.

    Quando estava se preparando para comer avistou Nick sentado á mesa de número 11. Abriu um sorriso e começou a acenar, tentando-lhe chamar a atenção. Será que ele ainda estava chateado com a bronca que recebeu dela aquela tarde?


    Última edição por Cah em Qua Jan 14, 2015 2:02 am, editado 2 vez(es)
    avatar
    Caio

    Mensagens : 90
    Data de inscrição : 30/12/2014
    Idade : 18

    Re: The Beginning

    Mensagem por Caio em Qua Jan 14, 2015 1:53 am

    Clover ouviu a explicação dos gêmeos, então pediu para o copo, achando meio estranho o ato.

    - Pepsi.

    A garota pediu a sua bebida ao mesmo tempo do que o ruivo, assim descriminando o rapaz silenciosamente, quando os chalés formaram uma fila para a fogueira ela se levantou junto, com medo de perder seu lugar na mesa. Quando foi sua vez de queimar sua comida, ela queimou os melhores morangos, sua comida favorita, e pediu silenciosamente.

    - Para minha mãe, por favor.

    Então ela voltou para seu lugar na mesa esperando o resto do chalé pra poder comer.
    avatar
    Nate

    Mensagens : 98
    Data de inscrição : 30/12/2014

    Re: The Beginning

    Mensagem por Nate em Qua Jan 14, 2015 1:57 am

    Nick se esforçava para não dormir durante esse evento, que já se tornara comum para ele. Conseguiu jogar um pedaço de carne e rezar para o seu pai olimpiano, mesmo com os olhos já pesando. Como alguns outros, não sabia quem era o seu pai, mesmo que aquele fosse o seu segundo ano no acampamento, mas não guardava rancores por isso. Depois virou e voltou para a mesa.

    A vez de Allen estava quase chegando, por isso o jovem albino começou a separar a melhor comida que havia em seu prato (que aliás continha muitas verduras e frutas): um grande morango maduro. E ao se posicionar na frente do fogo, lançou o que havia separado e rezou para o seu pai divino, cujo nem o nome sabia. Não que isso importava, já que talvez nunca o encontraria. O garoto deu uma volta e foi em direção à mesa, que parecia totalmente lotada, mas felizmente conseguiu encontrar um espaço entre dois jovens.



    avatar
    John

    Mensagens : 29
    Data de inscrição : 28/12/2014
    Idade : 22

    Re: The Beginning

    Mensagem por John em Qua Jan 14, 2015 2:27 am



    — Não, eu nasci em... – começa ela, mas sendo interrompida pelos gêmeos.

    Descobrir que teria que entrar em uma fila para comer como se tivesse indo para o sopão do Bronx não foi nem um pouco agradável. Ter a possibilidade de ficar sem lugar, então...

    "Hahahahaha" riu ela, em pensamento. "Vão achando que eu vou fazer fila e ainda podendo ficar sem lugar para me sentar ao comer".

    Yumi viu a "dança das cadeiras" acontecendo e nem se deu ao trabalho de lutar por um lugar. Ela era melhor que isso. Ao invés disso, pegou sua bandeja com prato e copo e seguiu para a segunda mesa do refeitório, que estava vazia. Ela se sentou no meio da mesa, pegou a comida e foi até a fila para jogar isso na fogueira.

    "Ao sem vergonha que fez meu papa de corno e me fez vir parar aqui nesse lugar lindo e aconchegante."

    E jogou, voltando para a mesa em seguida.

    avatar
    Bivi

    Mensagens : 236
    Data de inscrição : 28/12/2014

    Re: The Beginning

    Mensagem por Bivi em Qua Jan 14, 2015 2:41 am

    Elisa ouviu as instruções de Gary&Larry atentamente. Por um momento, pensou que poderia acabar se perdendo no meio de tantas pessoas, ou até que não sobraria um lugar para ela. As mesas dos chalés eram grandes, assim como a quantidade de campistas. A garota não imaginava que haviam tantos semideuses até a hora do jantar.

    Ela sorriu para Ceci e Larissa, as líderes dos seus respectivos chalés. Para quem estava no Acampamento há menos de um dia, já havia conhecido bastante pessoas e isso parecia ser um bom começo. Queria conhecer os líderes dos outros chalés também, quem sabe não seriam simpáticos?

    Quando os campistas de Hermes começaram a correr em direção a mesa, Elisa quase foi atropelada. Não sabia se corria também ou se tentava pegar um lugar depois. No meio da bagunça, a garota acabou pisando nos próprios cadarços e caiu no chão desajeitadamente. Sentiu o seu rosto queimar de vergonha, esperando que ninguém tivesse visto aquilo.

    — Vá com calma, ma chérie. — Disse alguém ao seu lado, estendendo a mão para que a garota se levantasse.

    — O-obrigada. — Elisa tirou os cabelos de sua cara e segurou a mão do desconhecido, levantando-se. Foi apenas nesse momento que viu o rosto do rapaz.

    Ele definitivamente não fazia parte do chalé de Hermes. Seu cabelo possuía um tom escarlate e descia até os ombros, contrastando com os seus olhos azuis que eram provavelmente os mais claros que já havia visto. Elisa fitou o ruivo boquiaberta por alguns segundos. Ele poderia muito bem ser um modelo se quisesse. Era simplesmente o cara mais bonito que já viu.

    — Feche a boca, novata. Não sou o único filho de Afrodite. — Brincou ele, soltando a mão da garota. Ela corou ligeiramente, cruzando os braços.

    — Filho.. de Afrodite? — Perguntou. Agora tudo fazia sentido.

    — Sim. E você claramente não é uma filha de Hermes. — O ruivo sorriu. Elisa não sabia exatamente o motivo do sorriso, mas preferiu deixar de lado. — Me chamo Julien.

    — Elisa. — A garota deu um sorrisinho.

    — Eu sei quem você é. — O comentário fez com que a novata erguesse as sobrancelhas. — Fofocas se espalham rapidamente, ainda mais quando se tem as meninas do chalé de Afrodite. — Ele as indicou com a cabeça, voltando a fitar Elisa. — Não faça nenhuma besteira se não quiser ser o assunto do acampamento.

    A novata assentiu, mesmo sem entender as intenções de quem espalhava boatos. Para ela, não fazia sentido ficar fofocando sobre os outros, quanto mais falar mal...

    — Hã, obrigada pelo aviso. Preciso arranjar um lugar... quero dizer, isso se ainda tiver algum... — Ela suspirou.

    — Vá antes que percebam que você caiu. — Brincou Julien. — Até mais, novata. — Dito isso, o filho de Afrodite se retirou para a respectiva mesa do seu chalé.

    Elisa tratou de alcançar a mesa do chalé 11, que já estava lotada. Ela permaneceu de pé em um cantinho da mesa e se serviu quando as Ninfas apareceram com travessas de comida. Encheu o prato com fatias de pão, queijo, churrasco e algumas uvas. Ela sorriu ao ver como os copos se enchiam magicamente e desejou por suco de laranja.

    A garota então seguiu até o braseiro. Quando chegou na sua vez de queimar as comidas, tratou de jogar no fogo o pedaço mais apetitoso de carne e as uvas mais bonitas. Como não sabia quem era o seu pai, permaneceu em silêncio e retornou para a sua mesa.

    Quando chegou sua vez, Julien "sacrificou" algumas fatias de queijo, voltando para a sua mesa logo depois de sua oferenda para Afrodite.
    avatar
    Hack
    Admin

    Mensagens : 322
    Data de inscrição : 28/12/2014

    Re: The Beginning

    Mensagem por Hack em Qua Jan 14, 2015 8:39 pm

    Assim que Yumi sentou-se à mesa do chalé número 2, um silêncio mortal tomou conta do pavilhão inteiro. Todos os campistas voltaram seus olhares para a garota, repreendendo-a. Gary&Larry ficaram tensos de repente. Muito tensos.

    — Ah, não... — gemeu um dos gêmeos.

    — A mesa de Hera não... - o outro engoliu em seco.

    O próprio Sr. D fuzilava Yumi com aquele mesmo olhar perigoso que Larissa tinha herdado: chamas púrpuras queimavam em seus olhos, como se fosse desintegrar a garota oriental no próximo segundo.

    — Esses semideuses de hoje em dia... bah! — grunhiu, claramente indignado.

    Antes que o Sr. D fizesse alguma loucura, Larissa levantou-se da mesa e correu até Yumi. Tocou em seu ombro, murmurando baixinho em seu ouvido:

    — Yumi... ! Você não pode se sentar aí! Gary&Larry não lhe explicaram sobre o jantar...?

    Seu tom de voz era gentil, mas tinha um certo tom de urgência. Um burburinho começou a se manifestar no pavilhão. Todos continuavam olhando para a mesa de Hera, como se esperassem que um raio caísse ali e destruísse Yumi.

    avatar
    Bivi

    Mensagens : 236
    Data de inscrição : 28/12/2014

    Re: The Beginning

    Mensagem por Bivi em Qua Jan 14, 2015 9:02 pm

    Elisa engoliu em seco quando viu Yumi. Não havia percebido que a japonesa resolveu se sentar em outra mesa, e, pelo visto, ela teria sérios problemas com isso.

    — O que vai acontecer com ela? — Murmurou, notando também os olhares de todos ao seu redor. Todos campistas fitavam Yumi de forma não muito simpática.
    avatar
    John

    Mensagens : 29
    Data de inscrição : 28/12/2014
    Idade : 22

    Re: The Beginning

    Mensagem por John em Qui Jan 15, 2015 1:45 am



    Yumi comia calmamante quando o silêncio tomou conta do lugar. Ela olhou ao redor e viu uma Larissa, desesperada, correndo em sua direção.

    — É que a minha mesa tá cheia... O que que custa eu sentar aqui? – reclama ela, indignada. – E se eu for filha de Hera?


    avatar
    Hack
    Admin

    Mensagens : 322
    Data de inscrição : 28/12/2014

    Re: The Beginning

    Mensagem por Hack em Qui Jan 15, 2015 2:01 am

    — Ela se ferrou... — respondeu um dos gêmeos.

    — Nós se ferramos... — completou o outro.

    O fogo no braseiro central diminuiu. O lugar tornou-se subitamente frio. Dennis sentiu um calafrio percorrer seu corpo, observando a cena com um mau pressentimento.

    Larissa engoliu em seco. Gaguejou, tremendo um pouco.

    — H-Hã, não é bem assim, Yumi... Você é indeterminada. Tem que ficar com Gary&Larry na mesa 11; você não pode simplesmente escolher o chalé ou a mesa em que senta... — ela olhou nervosamente para os lados. — E além do mais, Yumi... Hera não tem filhos. Pensei que eu havia lhes contado isso antes... Ela é a deusa do casamento, não pode trair Zeus e ter filhos com mortais...! Você sentar na mesa de Hera é uma... uma ofensa grave, Yumi. Venha, volte para a mesa do chalé 11, rápido... antes que Hera lance uma maldição sobre você.

    Impaciente, o Sr. D bateu com as mãos na mesa e se levantou.

    — A garotinha mimada vai sair daí logo ou vai ter que sair arrastada?? — ele fuzilou Gary&Larry com os olhos em chamas. — Acho que certas pessoas não estão fazendo bem seu trabalho de adestrar os novatos... Talvez eu devesse punir o chalé 11 por isso, hm? Que tal limparem os banheiros e chuveiros durante todo esse verão...?

    Os campistas do chalé 11 todos resmungaram. Passar as férias de verão limpando banheiros não parecia uma boa ideia de como passar seu verão...
    Vários olhares furiosos foram lançados na direção de Yumi. Até mesmo Gary&Larry pareciam irritados com o que a garota tinha feito.

    Larissa respirou fundo. Lançou um olhar igualmente furioso à mesa número 11, que intimidados, baixaram a bola.

    — Vamos, Yumi... — Larissa pediu à outra, delicadamente.

    avatar
    John

    Mensagens : 29
    Data de inscrição : 28/12/2014
    Idade : 22

    Re: The Beginning

    Mensagem por John em Qui Jan 15, 2015 2:09 am



    Yumi solta um "tsc" e se levanta, acompanhando Larissa. Ela não era mimada assim. Só que odiava que tocassem nela enquanto ela comia. E, naquela mesa apertardíssima, isso com certeza aconteceria frequentemente. Infeliz, ela se senta em sua "mesa designada", agradece Larissa e volta a comer, emburrada.

    avatar
    Hack
    Admin

    Mensagens : 322
    Data de inscrição : 28/12/2014

    Re: The Beginning

    Mensagem por Hack em Qui Jan 15, 2015 2:54 am


    Assim que Yumi sentou-se à mesa do chalé 11, Larissa retornou para sua mesa. Os campistas do chalé de Hermes olharam para Yumi de modo atravessado, comendo seus jantares sem muita animação. Por causa daquela garota, passariam as férias limpando os banheiros do acampamento.

    Assim que todos haviam terminado de jantar, o Sr. D levantou-se outra vez e bateu em seu copo com um talher, chamando a atenção de todos.

    — Certo, certo, quietos vocês todos... É hora dos anúncios do dia. Bem, como devem ter percebido, temos campistas novos aqui conosco. — disse, dirigindo seu olhar para a mesa de Hermes. — Novatos, sejam bem-vindos e blablabla. Não sejam burros como a menina do pastel de flango e não tentem fazer alguma gracinha para chamar atenção indesejada de deusas muuito temperamentais. Tomaraa que sua amiga esteja viva até amanhã. Bem, vamos torcer para isso, né? — ele sorriu, sarcástico. —  Isso é tudo.



    ~

    ♡ MALDIÇÃO DE HERA ♡
    Ao sentar-se na mesa de Hera, a rainha dos céus e deusa do casamento, e pensar na possibilidade de ser uma filha legítima da mesma, Yumi acabou aborrecendo a deusa. (Gary&Larry: aah, cara! Hera não!!) Como punição por sua ofensa, Hera lançou uma maldição em Yumi: tendo a vaca como seu animal sagrado, cocô de vaca aparecerá para a garota nos locais mais bizarros que se pode imaginar (no seu saco de dormir, na sua mochila, no lugar da água do chuveiro quando estiver tomando banho... pode até parecer pegadinha do malandro aka: Gary&Larry, mas isso aí é macumba séria!!). O cocô de vaca não vai parar de aparecer até que a garota se desculpe corretamente com a deusa. É Yumi, melhor se comportar!! ):


    ~


    Os campistas do chalé 11 novamente resmungaram. Gary&Larry levantaram-se da mesa e juntos, ordenaram:

    — Chalé 11, agrupar!!

    Todos se levantaram da mesa. Os outros chalés fizeram o mesmo, arranjando-se em filas e retornando para os chalés.

    Logo que chegaram no chalé 11, Gary&Larry foram de encontro aos novatos. Se estavam irritados com Yumi, não deixaram isso transparecer.

    — Ah, Gary&Larry! Acharam um beliche para nós? — perguntou Dennis, exausto. Queria se jogar numa cama e ferrar no sono.

    — Hã, veja bem...

    — O chalé está super lotado, sabe...?

    — Por isso, podem ficar com aquele espaço ali no chão...

    Os dois apontaram para o fundão, num canto vazio.

    — Foi mal, caras...

    — Mas não temos mesmo camas disponíveis...

    — Ah... Tudo bem. — Dennis forçou um sorriso.

    — Aqui. — um dos gêmeos abriu um báu, tirando de lá sacos de dormir.

    — Durmam bem, certo? — o outro entregou um saco de dormir para cada um dos novatos, e ambos os gêmeos foram para suas camas.

    Sem protestar, Dennis pegou seu saco de dormir e esticou-o no chão, entrando dentro dele e abraçando sua mochila laranja-berrante como um ursinho de pelúcia. Suspirou, olhando para o teto.
    Aquele dia tinha sido agitado... O que será que fariam no próximo dia...? Quem sabe, poderia convidar Elisa para dar outro passeio pelo acampamento ou visitar Doce de Leite... Seja o que fosse, esperava conhecer mais pessoas amanhã e, quem sabe, ser reclamado logo pelo seu pai divino...



    avatar
    Bivi

    Mensagens : 236
    Data de inscrição : 28/12/2014

    Re: The Beginning

    Mensagem por Bivi em Qui Jan 15, 2015 4:08 am

    Elisa retornou ao chalé 11 com o restante do grupo. Ela pegou um saco de dormir com Gary&Larry e se deitou em um cantinho, deixando a sua mochila bem próxima de si. Por mais que fosse melhor dormir em uma cama, era melhor que nada.

    A garota se virou para a parede e começou a pensar. Há um dia atrás, nunca teria imaginado que tantas coisas aconteceriam de repente em tão pouco tempo. O ataque da Hidra no museu, o portal que os levou até o Acampamento, até mesmo ser filha de um Deus. Nunca havia insistido muito para saber sobre o seu pai e agora a situação era bem diferente.

    Pensar em seu pai instintivamente fez com que ela se lembrasse de sua mãe. Será que aceitaria bem toda aquela história? Esta dúvida que permaneceu na cabeça de Elisa por um bom tempo. Esperava que a sua mãe entendesse o que estava se passando. Não queria desapontá-la de maneira alguma. E se Danielle pensasse na filha como uma ingrata? Que fugiu de casa na primeira oportunidade?

    A semideusa se encolheu. Sua mãe era uma mulher rígida, não sabia como iria reagir com a notícia. Só esperava que a sua saída para o Acampamento não fosse vista como algo ruim. Não queria causar mais problemas para Danielle. Por sua causa, ambas já precisaram se mudar várias vezes devido a ataques de monstros. Havia também a questão das escolas. Mesmo se esforçando para agradar a sua mãe, Elisa não conseguiu se adaptar em vários colégios.

    Seus olhos começaram a marejar. Não queria chorar por motivos tão bobos, preferindo pensar que tudo ficaria bem. Nisso, afastou os pensamentos negativos e decidiu tentar dormir logo.
    avatar
    Caio

    Mensagens : 90
    Data de inscrição : 30/12/2014
    Idade : 18

    Re: The Beginning

    Mensagem por Caio em Sab Jan 17, 2015 1:53 am

    Depois do jantar Clover voltou ao chalé 11, percebendo que não havia mesmo mais cama para os novatos, pegando então um saco de dormir e o colocou ao lado da parede. Ficou olhando para o teto, pensando em como sua vida tinha feito uma grande reviravolta, ela acabou pensando no seu pai, como será que ele estava, queria voltar e se desculpar com ele, mas não sabia como.

    Ela também se lembrou da pegadinha do chalé e do seu chapéu que foi alvo agora parecendo uma galinha falsa, a garota ia fazer Gary&Larry tirar pena por pena de seu chapéu no dia seguinte, depois desse pensamento ela acabou pegando no sono e dormiu.
    avatar
    John

    Mensagens : 29
    Data de inscrição : 28/12/2014
    Idade : 22

    Re: The Beginning

    Mensagem por John em Dom Jan 18, 2015 1:36 pm



    Depois do vexame que fora obrigada a passar, tudo que Yumi queria era desaparecer na escuridão de seus sonhos. Nunca imaginara que pudesse passar por tanta coisa em um único dia.
    A garota segue para um dos minúsculos cantos apontados por Gary&Larry e se deixa, no chão mesmo, sem cobertores, saco de dormir ou travesseiro. Ela queria provar para todos de que não era uma garotinha mimada e que podia, muito bem, sobreviver ao chalé nº 11.

    "Só espero que meu pai seja Zeus ou minha mãe seja Hera. Aí vou ter o chalé só pra mim e vou poder esfregar minha mesa vazia na cara desses caipiras." pensou ela, de olhos fechados, adormecendo em seguida.


    Conteúdo patrocinado

    Re: The Beginning

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua Nov 22, 2017 6:03 pm